Redes Sociais

Últimas

Invasões de terra caem após início da gestão Bolsonaro

Além do presidente possuir um discurso criminalizante contra invasões de terra, os movimentos de ocupação perderam financiamento público

Marcos Rocha

Publicado

em

Beto Barata| AFP | Getty Images

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) registrou apenas uma ocupação de terra nos primeiros cem dias de governo do presidente Jair Bolsonaro.

No mesmo período do ano passado, o órgão registrou 43 invasões de propriedades.

Além do presidente possuir um discurso criminalizante contra invasões de terra, os movimentos de ocupação perderam financiamento público.

Bolsonaro sempre foi um notório opositor do MST.

Na campanha, o então candidato defendeu tipificar as invasões no campo como “terrorismo” e disse que os ruralistas e latifundiários deviam reagir a bala aos invasores:

Invadiu? Chumbo!”, afirmou. 


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

CONTATO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política, residente e natural de Campo Grande/MS, assistente de gabinete junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) e estudante de Ciências Jurídicas.

Publicidade
4 Comentários

4 Comments

  1. Humberto

    21.04.2019 at 09:42

    O direito a propriedade e a sua defesa estão restabelecidos e é constitucional,como também a defesa da vida contra invasões armadas. Posses pacificas estão reguladas em Lei, não tem que reclamar, é assim que a sociedade define através do Congresso Nacional. “Cumpram a Lei”. Lugar de marginais é a restrição de liberdade e direitos. Existe direitos a terras em Reforma Agrária, “Sim”, mas estes direitos se não cumpridos devem ser exigidos através de Manifestação Pacifica e elegendo seus representantes Congressistas para exigir do Governo que ative os mecanismos de faze-la legalmente. A qual é a forma certa de garantir o Direito e a segurança jurídica dos beneficiados. É necessário que a sociedade cobre isto de qualquer governo Democrático, para o desenvolvimento progressista social e sustentável de uma nação abrigue todos os seus naturais.

  2. Pingback: Invasões de terra caem após início da gestão Bolsonaro – O Grito

  3. Carolina

    15.04.2019 at 19:35

    O Presidente Bolsonaro continua honrando meu voto!!! 👏👏👏👏👏👏

  4. João

    15.04.2019 at 18:45

    Se o Presidente Bolsonaro quer tipificar as invasões de terra como terrorismo, eu acho que ele poderia fazer isso via Plebiscito. Pois não foi isso que o outro governo tentou fazer sobre o desarmamento do cidadão de bem?
    Então que os conservadores usem algumas das ferramentas já usadas pelos comunas, inclusive as Medidas Provisórias “auto-renováveis” inventadas por FHC.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites