Redes Sociais

Brasil

INSS autoriza prova de vida para idosos por procurador sem cadastro

Tiago Netto

Publicado

em

Agência Brasil

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) autorizou a realização da prova de vida para idosos por procurador ou representante legal que não esteja cadastrado no Instituto.

Anteriormente, era necessário realizar o cadastro para atuar como procurador.

A determinação foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (27).

A regra vale por 120 dias e o procurador pode fazer a prova de vida pelo idoso em caso de viagem, impossibilidade de locomoção ou doença contagiosa.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites