Redes Sociais

Últimas

Haddad é condenado a quatro anos de prisão por crime de caixa dois

Petista recebeu R$ 2,6 milhões de empreiteira e deixou de contabilizar valores, bem como se utilizou de notas inidôneas para justificar suas despesas eleitorais em 2012.

Marcos Rocha

Publicado

em

Haddad é condenado a quatro anos de prisão por crime de caixa dois 17
Amanda Perobelli | Reuters

O ex-prefeito de São Paulo e candidato derrotado nas eleições presidenciais de 2018, Fernando Haddad, foi condenado pela Justiça Eleitoral pelo crime de caixa dois.

De acordo com o juiz Francisco Carlos Inouye Shintate, o petista deverá cumprir quatro anos e seis meses de prisão em regime semiaberto e ainda pagar 18 dias-multa pelo cometimento do ato ilícito.

Aliados de Haddad também foram condenados, entre eles João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT, por ocultação de bens e lavagem de dinheiro.

Cabe recurso da decisão e o petista responderá em liberdade.

O processo nasceu de apuração que visava identificar o uso de recursos da empreiteira UTC na confecção de material de campanha de Haddad à prefeitura, em 2012.

De acordo com o Ministério Público, o então prefeito recebeu R$ 2,6 milhões da empreiteira e deixou de contabilizar valores, bem como se utilizou de notas inidôneas para justificar suas despesas eleitorais.

Na sentença, o magistrado absolve o ex-prefeito de outras acusações, como formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

OUTRO LADO

Em nota, a defesa de Haddad afirmou que recorrerá da decisão e que a sentença do juiz não se sustenta por falta de provas e razoabilidade.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

CONTATO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política, residente e natural de Campo Grande/MS, assistente de gabinete junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) e estudante de Ciências Jurídicas.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites