Redes Sociais

Brasil

Governo do DF é alvo de operação por compras irregulares no combate à pandemia; MP e polícia cumprem mandados

Tiago Netto

Publicado

em

© Tânia Rego/Arquivo/Agência Brasil

O Ministério Público e a Polícia Civil do Distrito Federal realizam, desde as primeiras horas desta quinta-feira (2), uma operação que apura irregularidades na compra de testes de covid-19 pelo governo do Distrito Federal.

As ações acontecem em sete estados (GO, RJ, SP, PR, SC, BA e ES), além do próprio DF.

Entre os alvos, estão o subsecretário de Administração Geral da Secretaria de Saúde do DF, Iohan Andrade Struck, e o diretor do Laboratório Central do DF, Jorge Antônio Chamon Júnior.

As investigações apontam que houve superfaturamento nas compras de testes de baixa qualidade, que podem dar falso negativo.

O prejuízo aos cofres públicos é estimado em cerca de R$ 30 milhões.

Ao todo, a operação, chamada de “Falso Negativo”, cumpre 81 mandados de busca e apreensão em mais de 20 cidades.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites