Redes Sociais

Últimas

Globo inicia estudos para vender a gravadora Som Livre

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Reprodução

A Globo fez um anúncio nesta quarta-feira (18) que deixou muita gente de surpresa.

O grupo iniciou estudos para vender a Som Livre, que é a maior gravadora e desenvolvedora do ramo musical no país.

A decisão, segundo a nota,  faz parte de uma decisão estratégica que foca numa revisão detalhada de seus ativos, direcionando os negócios que melhor atendem o cenário atual.

“A música continua muito importante no portfólio da Globo, mas acreditamos que é um bom momento para sairmos do negócio tradicional de gravadora e nos concentrarmos na estratégia D2C”, explica o executivo Jorge Nóbrega.

Nem tão surpresa assim

A crise financeira já vem batendo na porta da Rede Globo há tempos.

Com a chegada da covid-19, nem mesmo as grandes empresas estão conseguindo se livrar dos problemas causados pela pandemia.

O ‘império dos Marinhos’, que ainda é a maior emissora do país e uma das maiores do mundo, teve fortes quedas em suas receitas de publicidade.

Com isso, decisões e revisões de contratos seguem sendo tomadas, e muitas vezes a solução é fechar as portas.

Rádio Globo em São Paulo também foi encerrada

Em maio deste ano, a Rádio Globo anunciou que encerrou a sua operação em São Paulo, que operava na frequência 94.1, em FM.

Agora, a emissora atua somente com a estação no Rio de Janeiro.

Com isso, “fecha o ciclo de desmobilização da rede de transmissão para todo o Brasil”, informou em nota.

Vale destacar que a Rádio Globo teve início na frequência 1.100 AM, em 1952, também abandonada, em fevereiro passado, conforme registrado pelo Conexão Política.

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

alan correa criação de sites