Gleisi Hoffmann propõe liberdade de Lula para poupar gastos do Estado

Autor: 1 comentário Compartilhar:
Imagem: Dida Sampaio/Estadão

A senadora paranaense e presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, disse, na tarde desta terça-feira (24), que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja solto para evitar gastos.

A declaração vem em resposta ao pedido da Superintendência da Polícia Federal de Curitiba à Justiça para que Lula seja transferido do local onde está preso em Curitiba. Na petição, a PF aponta que cerca de R$ 300 mil serão gastos até o fim do mês com diárias de policiais, passagens e deslocamentos de pessoal de outras unidades para reforçar a segurança no local.

“Nós temos a melhor solução para que o Estado brasileiro não gaste e que acabe os problemas no sistema judiciário paranaense: soltem o Lula. Em qualquer lugar em que forem levar o presidente, a situação de acompanhamento dele, de requerimento de visitas e de movimentação política será a mesma. O presidente Lula é muito grande para ficar preso”, declarou Gleisi.

Post anterior

Antonio Palocci assina acordo de delação premiada com a Polícia Federal

Próximo post

Pré-candidata do PSTU diz que Venezuela é capitalista e pretende desapropriar empresas

Você pode gostar também:

1 comentário

  1. NananinaNÃO!!!

    Agora que FINALMENTE o meu dinheiro extorquido nesses impostos execráveis cobrados por esse Estado Socialista canalha está sendo USADO UTILMENTE para BOTAR VAGABUNDO LADRÃO NA CADEIA, vem a senhora Gleisi presidente de partido político de vadios falar mais M….?

    LULADRÃO, SEU LUGAR É NA PRISÃO!!!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.