Redes Sociais

EUA

EUA: Dados de policiais estão sendo vazados por extremistas para realização de ataques, alerta o Departamento de Segurança Interna

Guilherme L. Campos

Publicado

em

Informações pessoais de policiais de departamentos de polícia de todo os Estados Unidos estão sendo vazadas on-line em meio aos atos de extrema violência promovidos em todo o país após  a morte de George Floyd, de acordo com um documento de inteligência não classificado do Departamento de Segurança Interna dos EUA, obtido pela agência Associated Press.

O documento adverte que a ação, conhecida como “doxxing”, pode levar a ataques de “oportunistas violentos ou extremistas violentos domésticos” ou impedir que agentes da lei cumpram suas obrigações.

Vários policiais de alto escalão em várias cidades americanas, incluindo Washington, Atlanta, Boston e Nova York, tiveram suas informações pessoais compartilhadas nas mídias sociais, incluindo seus endereços residenciais, endereços de e-mail e números de telefone, alerta o relatório.

“Pelo menos um dos comissários de polícia foi alvo por apoiar o uso de gás lacrimogêneo para dispersar protestos”, diz o documento.

Os policiais de todo o país têm se manifestado nos últimos dias dizendo que se sentem perseguidos em meio às tentativas de conter os protestos violentos e se sentem abandonados pelos legisladores em relação às demandas por reforma policial. Alguns dos policiais disseram que temem por suas vidas.

“Pare de nos tratar como animais e bandidos e comece a nos tratar com algum respeito! Nós fomos difamados. É nojento “, disse Mike O’Meara, do sindicato da polícia do estado de Nova York, quando legisladores do estado revogaram uma lei conhecida como Seção 50-a que mantém em segredo os registros policiais. As informações são da agência Associated Press.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Católico, Conservador, Correspondente Internacional, Observador Político e criador do 'Direto da América'. Atualmente vive no estado da Pensilvânia, Estados Unidos.

alan correa criação de sites