Redes Sociais

EUA

EUA criam 4,8 milhões de empregos em junho e registra recorde histórico

Guilherme L. Campos

Publicado

em

O Departamento de Trabalho dos EUA disse hoje, 2 de julho, em seu relatório mensal, que os empregadores criaram 4,8 milhões de empregos em junho – o maior aumento já registrado, derrubando a taxa de desemprego para 11,1% no país. O resultado supera as expectativas de economistas, que esperavam um índice de desemprego em 12,3%, ou seja, esperavam que fossem gerados apenas 3 milhões de empregos no mês.

Ainda assim, há 12 milhões de americanos desempregados a mais hoje do que em fevereiro, período pré-coronavírus.

Ao longo do mês passado, todos os estados começaram a reabrir suas economias, o que levou à retomada da atividade econômica e a recontratação de muitos trabalhadores.

Maio

O número de maio revisado mostra que naquele mês foram criados 2,7 milhões de empregos.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Católico, Conservador, Correspondente Internacional, Observador Político e criador do 'Direto da América'. Atualmente vive no estado da Pensilvânia, Estados Unidos.

alan correa criação de sites