Redes Sociais

Últimas

Estudante de direito é morta por engano durante festa em MS

Luana Farias foi atingida no pescoço por um homem que estava munido com uma garrafa de cerveja quebrada; polícia faz buscas pelo criminoso

Marcos Rocha

Publicado

em

Estudante de direito é morta por engano durante festa em MS 21
Arquivo Pessoal

Na madrugada de sábado para domingo, a estudante de direito Luana Farias de Oliveira, de 20 anos, faleceu após uma briga generalizada em uma festa em Campo Grande (MS).

De acordo com informações do boletim de ocorrência, Luana, o namorado e amigos participavam de uma festa no centro comunitário do bairro Universitário, localizado na zona sul da capital sul-mato-grossense.

Por volta de 2h (de MS), houve uma briga generalizada no local do evento no momento em que o casal estava indo embora.

Um homem teria tentado golpear outro com uma garrafa de cerveja cortada e acabou atingindo Luana por acidente.

O namorado da jovem disse à polícia que ele então a pegou os braços e com ajuda de amigos a levou para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Luana chegou ao hospital com parada cardiorrespiratória e “lesões provindas de algum objeto cortante” no lado esquerdo do rosto, pescoço e braço.

Os profissionais tentaram reanimá-la, mas ela não resistiu e veio a falecer.

O caso foi registrado como homicídio e a polícia está realizando diligências para encontrar o autor do crime.

Duas testemunhas informaram à PM a identidade do criminoso.

Até o momento do fechamento desta matéria ninguém havia sido preso ainda.

No Facebook, a irmã da vítima, Jéssica Faria, postou um desabafo: “Ela estava tão feliz ontem que subiu de cargo no serviço, ia pegar folga hoje e queria comemorar”.

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

CONTATO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política e estudante de Ciências Jurídicas.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites