Redes Sociais

Últimas

“Estamos contigo, Damares!”, diz Manuela D’Ávila

Matheus F. Romero

Publicado

em

Imagem: Adriano Machado/Reuters

Nesta terça-feira (18), a ex-candidata à vice-presidência da República na chapa de Fernando Haddad (PT), Manuela D’Ávila, publicou um texto em sua página no Facebook se referindo à futura ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves.

No texto publicado, Manuela solidariza-se com os abusos sofridos por Damares na infância. 

“Damares, que terrível história de abuso e violação da infância que passastes. Sentimos muito por você. […] Nós precisamos nos unir na mesma direção, lutando para que nenhuma criança, para que nenhuma mulher, passe pelo que passaste.”

Ainda no texto, Manuela defendeu que a polícia esteja melhor equipada e capacitada. “Não existe prender estuprador sem polícia. Precisamos batalhar por uma polícia que esteja equipada, com capacidade, com inspetoria, ouvidoria, com legitimidade social…”

Ao final da publicação, a atual deputada estadual do RS escreveu:

“Use sua nova função para batalhar por todas nós, incluindo você, que sofreu na própria pele essa barbárie. Contamos contigo, estamos contigo!”

 

Estudante, músico e defensor da liberdade.

Publicidade
12 Comentários

12 Comments

  1. Marciano A C A Moreira

    19.12.2018 at 10:12

    defendem champinha por primeiro e todos bandidos e extupradores agora se solidarisa com ela que hipocrita e mesmo sendo abusada essa senhora vai defender esses canalhas vamos ver as atitudes dela agora.

  2. luciano lamb

    19.12.2018 at 10:05

    /pcc-invade-e-saqueia-casa-de-testemunhas-de-crime-contra-pm-juliane-diz-promotoria. O lindo sorriso da soldado Juliane, nunca + poderá ser visto, a ñ ser em fotos. PARABÉNS MANU D’AVILA sorriso meia boca.

  3. Agnelo Lins

    19.12.2018 at 05:15

    Manuela esqueceu-se de criticar os ESQUERDOPATAS QUE FIZERAM NEMES COM DE GOZACGO COM A MINISTRA, INCLUSIVE O MILITONTO EMPOLADO PSEUD INTELECTUAL SR. KARNAL…

  4. Mara Aline

    19.12.2018 at 03:11

    Nem tudo o q parece é; principalmente no Brasil de hoje. Essa mulher deve é explicar à justiça e à sociedade; pq esta sendo denunciada por trafico e abuso sexual de crianças indígenas. Será q Manuela sabe disso?Sabe tb q foi ela quem ajudou a criar e espalhar fale news contra a própria?

  5. Kedma

    18.12.2018 at 22:51

    Parabéns, Manu. TODAS juntas! NENHUMA a menos!

    • Luiz Alberto de Sousa e Silva

      18.12.2018 at 23:12

      Engraçado, não vi nenhuma manifestação dela, nem de ninguém da turma “mexeu com uma, mexeu com todas” a favor das 500 mulheres molestadas pelo farsante “João de Deus”.

      • Elisângela Barros Klimas

        19.12.2018 at 01:34

        O senhor foi na página dela ver? Acho que nao, ou foi mas não sabe interpretar um texto?

        • Luiz Alberto de Sousa e Silva

          19.12.2018 at 09:39

          Ela em momento algum foi pontual em se solidarizar com as abusadas pelo “João de Deus” como está sendo com a Damaris, será porquê? Não concordo com qualquer tipo de abuso, seja contra mulheres, homossexuais, etc, porém está claro que ela está se aproveitando da situação para “fazer politicagem” bem típico dela. É igual ao caso do assassinato de Mariele, enquanto estava atacando o governo, ótimo, porém, quando se descobriu que foi encomendado pela milícia, que ela também defende, perdeu interesse. Quem não sabe ou não quer interpretar, não sou eu.

    • Fred

      19.12.2018 at 10:24

      kkkk
      que piada…ninguém solta a mão de ninguém…
      vocês seriam engraçados se as idéias não fossem tragica

  6. Antônio A R de Araújo

    18.12.2018 at 21:35

    Que pena que a cada dia escutamos histórias tristes como essa da Sra. Ministra. Temos que fazer um pacto pelas nossas crianças.

  7. Ricardo

    18.12.2018 at 20:58

    A união de todos na construção de um grande país é o melhor dos sonhos e aspirações.

    • FÁBIO SANTANA

      20.12.2018 at 10:02

      Se não fosse os especuladores estaríamos melhor!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites