Redes Sociais

Mundo

Eslováquia quer que toda a União Europeia reconheça Juan Guaidó como Presidente Encarregado da Venezuela

Thaís Garcia

Publicado

em

SITA/Branislav Bibel

Em Bruxelas, o ministro das Relações Exteriores da Eslováquia, Ivan Korcok, anunciou que apresentará a proposta à União Europeia para que o resto dos países que compõem a comunidade política do velho continente reconheça Juan Guaidó como Presidente Encarregado da Venezuela.

“Queremos levar a União Europeia à unidade quando se trata de reconhecer Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela”, fdisse Korcok durante uma cúpula em Bruxelas.

Atualmente, Juan Guaidó é reconhecido como Presidente Encarregado da Venezuela por 25 dos 27 países que compõem o Bloco: Áustria, Bélgica, Bulgária, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Irlanda, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Polônia, Portugal, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia e Reino Unido; faltando apenas o reconhecimento de Chipre e da Itália.

Da mesma forma, em 2018, a União Europeia declarou o líder do regime socialista chavista, Nicolás Maduro, como ilegítimo, após a execução das eleições presidenciais que o Conselho Nacional Eleitoral a seu serviço organizou.

O presidente interino Juan Guaidó foi recebido no início do ano em vários países da comunidade europeia, em que realizou reuniões com suas autoridades e outras figuras políticas.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

alan correa criação de sites