Redes Sociais

EUA

Escola nos EUA elimina versículos bíblicos de planners doados por igreja local

Thaís Garcia

Publicado

em

Imagem: Printscreen/Twitter

Depois de receber uma doação de 600 planners de uma igreja local, uma escola de ensino médio do estado da Carolina do Norte, nos EUA, notou dois versículos bíblicos impressos na última página da ferramenta de organização diária para os alunos. A escola cortou rapidamente os versículos de cada um dos 600 livros antes de distribuí-los aos alunos.

A WBTV relata que os planners foram doados pela Igreja Batista de Sulphur Springs. A igreja imprimiu seu logotipo, uma mensagem curta e dois versículos da Bíblia no verso dos planners como inspiração para os alunos da escola East Alexander Middle School.

“Desejamos a você um ano escolar abençoado e de sucesso!” a mensagem ao lado do logotipo da igreja diz, seguido por dois versos.

“Pois Eu sei os planos que tenho para você”, declara o SENHOR, “planos para te fazer prosperar e não te fazer mal, planos para te dar esperança e um futuro”, – Jeremias 29:11

“Posso todas as coisas nAquele que me fortalece”, – Filipenses 4:13.

A igreja investiu mais de US $ 2.000 para ajudar a fornecer recursos para a escola e os alunos, de acordo com a WSOC-TV.

Em uma postagem no Twitter, Dave Faherty, da WSOC, mostrou como a última página de cada um dos planners foi cortada para remover os versos.

“Condado de Alexander [na Carolina do Norte] – uma igreja local doa 600 planejadores para estudantes da East Alexander Middle [Escola]. Antes de distribuí-los, a escola cortou dois versículos da Bíblia no verso. A história, no noticiário desta noite, às 17h, com testemunhas oculares”, escreveu Dave Faherty em 2 de setembro de 2020.

“Nós apenas os colocamos [os versículos] para encorajamento. Sabemos que o ano escolar terminou difícil no ano passado. Sabemos que voltamos com dias alternados”, disse o pastor assistente da igreja, James Safrit, à WSOC.

Funcionários da escola disseram que a adição dos versículos bíblicos tornou impossível para as escolas distribuí-los aos alunos, de acordo com sua interpretação da Constituição dos Estados Unidos.

O diretor da escola disse que embora apreciasse o apoio da igreja, ele achava que incluir os versículos das Escrituras violaria os direitos dos alunos.

“É o direito individual de um aluno compartilhar suas crenças – religiosas ou não, mas não o papel da escola pública de doutriná-los com quaisquer ensinamentos religiosos”, disse a escola Alexander County em um comunicado à WSOC.

A escola disse que o diretor não foi informado que os versículos seriam impressos nos planners quando conversou com os líderes da igreja alguns meses atrás.

Um pai disse à WSOC que ficou magoado quando descobriu que a escola havia removido os versos do planner de sua filha.

“Isso feriu meus sentimentos, realmente doeu. Nesta sociedade agora, acho que precisamos de Deus em nossas vidas e de Jesus em nossas vidas e isso dilacera meu coração”, disse Roger Hayes. “Por que não poderia ser minha decisão ou a decisão de minha filha de retirá-lo?”

Um membro da igreja de Sulpher Springs disse à WBTV que “ouvir a notícia de que os versos foram cortados é decepcionante”.

Mas Brian Walker, membro da Igreja Batista de Sulphur Springs, disse que isso não impedirá sua congregação de ajudar a escolar.

“Isso não nos deteve nem um pouco”, disse Walker.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

alan correa criação de sites