Redes Sociais

Brasil

Empresa alvo de operação no DF tem contrato milionário com governo Witzel

Tiago Netto

Publicado

em

Antônio Cruz | Agência Brasil

A empresa MedLevensohn, alvo da Operação “Falso Negativo”, deflagrada pelo Ministério Público do Distrito Federal nesta quinta-feira (2), possui um contrato de R$ 14,1 milhões com o governo do Rio de Janeiro para fornecimento de testes rápidos de detecção do coronavírus.

O contrato do governo Witzel com a MedLevensohn é um dos que é analisado pelo Grupo de Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção do Ministério Público do Rio, segundo a CNN Brasil.

A compra dos 150 mil testes foi aberta no dia 27 de março e leva a assinatura do ex-subsecretário-executivo de Saúde, Gabriell Neves. Menos de uma semana depois, a pasta autorizou a compra.  

Gabriell Neves foi preso no dia 7 de maio por estar envolvido na compra superfaturada de respiradores pelo estado do Rio.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites