Redes Sociais

Últimas

Em evento da UnB, Haddad faz comício contra Bolsonaro

“Não dá para levar esse governo a sério”, disse o petista.

Einsteinberg Monção

Publicado

em

Em evento da UnB, Haddad faz comício contra Bolsonaro 21
Marcelo Camargo | Agência Brasil

Tido como um debate sobre educação, o petista Fernando Haddad usou do evento promovido pelo Centro Acadêmico de Direito da Universidade de Brasília (UnB), nesta quinta-feira (25) para fazer o que mais parecia ser um comício político contra o Presidente Jair Bolsonaro.

Derrotado nas eleições, o ex-ministro usou uma série de frases de efeito contra o presidente, que, para ele, tem medo do ambiente universitário. 

Ao público, formado majoritariamente por jovens universitários que, caprichavam nos gritos de guerra “Lula live”e “Marielle vive”, Hadd afirmou que Bolsonaro teme as universidades.

Segundo o petista, os campus brasileiros contam, atualmente, com um exército de 8 milhões de estudantes “muito melhor armado do que esse bando de picaretas que querem armar a população”.

Haddad é condenado por impulsionar notícias contra Bolsonaro na internet

Em março deste ano, o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, determinou que o petista Fernando Haddad pague um multa no valor de R$ 176 mil por impulsionar propaganda negativa na internet contra Jair Bolsonaro, que disputou o segundo turno contra o petista.

A ação foi movida contra o impulsionamento do site ‘A Verdade Sobre Bolsonaro’, que veiculava informações prejudiciais contra o então candidato do PSL à Presidência.

Para o ministro Fachin, o nome do site já sugeria conotação negativa.

De acordo com o processo, a campanha petista pagou R$ 88.257 ao Google pelo serviço, conforme documentos apresentados ao TSE pela empresa. 

Leia a íntegra da nota divulgada pela assessoria de Haddad:

“O ex-prefeito, ex-ministro e ex-candidato à Presidência da República, Fernando Haddad, por meio de sua assessoria, manifestou incredulidade e surpresa pela decisão do ministro Edson Fachin. Haddad foi vítima durante o processo eleitoral de uma enxurrada de fakes news. Foi caluniado e injuriado. Acusado dos maiores absurdos. E, vítima, até, de falsificação de um de seus livros. Ser multado por impulsionamento de notícias parece até irreal.”


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Estudante, Cristão, apreciador da liberdade.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites