Redes Sociais

Últimas

Educação. O bem que você não tem!

Redação

Publicado

em

Educação. O bem que você não tem!


Vivemos em pleno século XXI, para alguns países do mundo é a era da tecnologia, para o Brasil não. Estamos em uma estaca, estacionados na medíocre educação oferecida pelo MEC, uma educação doutrinadora e atrasada.

No ano de 2013 o WEF, também chamado de Índice de Capital Humano mediu o nível de educação de 122 países, e o Brasil ficou em 88º lugar. A situação mais critica se situa nas áreas de exatas, onde o país ficou em 112º lugar, entre os 15 piores do mundo.

 

Será que essa defesa que fazem para o Bolsa Família é realmente a verdade? Venho tomar como exemplo os Estados Unidos, lá o ensino funciona pela base do mérito, não pela base de cotas. O Brasil hoje funciona com uma educação em que o aluno só estuda para entrar na universidade, faz universidade para fazer concurso público, faz concurso público e “se garante na vida”. É pesado mas é o pensamento da maioria dos estudantes universitários de hoje.

O aluno não estuda para aprender, ele estuda para passar.

No fim da década de 90 o Brasil estava vivendo uma época falência cultural, social e econômica. Hoje no final da década de 10 o Brasil consolidou-se em um país que a cultura é mulher com a bunda aparecendo de forma erótica, a sociedade está sofrendo com ataques diários das redes de mídia contra as famílias e que a economia é um desastre.

Tudo isso se reflete na educação de um país, projetos falhos e que não terão continuidade, esse é o cenário educacional brasileiro. Antes que um presidente pense em economia, que ele pense em educação, pois um país sem educação é um país sem valor econômico.

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Publicidade
2 Comentários

2 Comments

  1. Rob

    31.08.2018 at 23:17

    E mais o pifio resultado no PISA… Colossalmente vergonhoso.

  2. Luis

    12.11.2017 at 11:57

    professores são em grande maioria de esquerda e servidores público concursados, q pela leis atuais tem estabilidade, portanto vc não tem muito controle sobre eles. são professores q lidam com a educação e é por causa dos professores q temos q o brasil tem a educação q tem. não adianta nada pensar em educação quando os professores determinam o currículo e lecionam do jeito q sempre lecionaram. impossível fazer revolução pela educação, a educação se alinha com o cenário político cultural dominante para reforçar este. a esquerda quer educação doutrinadora e a direita quer educação para q as pessoas aprendam a valorizar a liberdade, fomentar e reforçar doutrinação é possível mas ensinar teoricamente porque se deve valorizar a liberdade em um cenário subvertido não funciona, liberdade e progresso primeiro se experimenta, para depois entender a teoria. professores socialistas não vão deixar as suas idéias vingar nem q vc seja o maior gênio da história da humanidade, não importa quão boas as idéias sejam. a mudança deve ser cultural-econômica a menos q possamos responsabilizar, processar e substituir uns 90% dos professores de pre escola, fundamental, médio e superior por gente decente e qualificada q não temos na prateleira.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites