Redes Sociais

Últimas

Eduardo Bolsonaro pede desculpas por ‘má interpretação’ em fala sobre AI-5

Deputado afirmou que declaração foi “deturpada”

Redação

Publicado

em

Paola de Orte | Agência Brasil

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) pediu desculpas após ser mal interpretado em sua declaração a respeito de um novo AI-5.

“Eu peço desculpas a quem porventura tenha entendido que estou estudando o retorno do AI-5 ou achando que o governo, de alguma maneira, estaria estudando qualquer medida nesse sentido.”

E acrescentou:

“Essa possibilidade não existe. Agora, muito disso é uma interpretação deturpada do que eu falei”, disse.

A repercussão da entrevista

Em entrevista a jornalista Neda Nagle, o deputado federal Eduardo Bolsonaro se baseou nos últimos acontecimentos e narrativas promovidas pela esquerda para desestabilizar governos de direita em países da América Latina.

Eduardo comentou que se a esquerda brasileira se radicalizar a ponto de sequestrar aviões, executar militares e autoridades ou incitarem qualquer tipo de violência ou ato semelhante a terrorismo, o governo federal daria uma resposta via um novo AI-5 ou através de uma legislação aprovada pelos cidadãos através de um plebiscito.

Diante da manifestação, juristas e políticos reagiram.

O ministro Marco Aurélio, do STF; o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, e o presidente da Câmara Rodrigo Maia foram alguns dos que reprovaram a fala do parlamentar.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

alan correa criação de sites