Redes Sociais

Austrália

“É imoral remover as liberdades de um médico para prescrevê-la a um paciente que contraiu covid”, diz parlamentar australiano em um poderoso discurso sobre a hidroxicloroquina

Thaís Garcia

Publicado

em

AAP

O parlamentar federal e líder nacional no governo de coalizão australiano, Craig Kelly, fez um discurso poderoso ao Parlamento da Austrália sobre a situação atual das restrições ao uso da hidroxicloroquina na Austrália para os pacientes de covid-19.

Craig Kelly, conservador-liberal, fez referência a um grande número de estudos observacionais de tratamento precoce com hidroxicloroquina em todo o mundo que mostraram a eficácia do medicamento. O parlamentar expôs aos membros do Parlamento “o quão imoral é remover a liberdade de um médico para prescrever a hidroxicloroquina a um paciente que contraiu a Covid-19”.

No discurso, ele reconheceu o trabalho árduo de muitos médicos corajosos em todo o mundo apoiando o tratamento precoce com a hidroxicloroquina, e refutou o ataque ao medicamento de uma parte da mídia.

“Se um médico australiano pensa que seu paciente com covid pode se beneficiar da hidroxicloroquina, ele deve ser capaz de prescrever o medicamento”, disse Kelly.

O parlamentar também solicitou que a Força-tarefa Nacional de Provas da Covid (National Covid Evidence Taskforce) examine as evidências para que recomendações médicas possam ser feitas quanto ao uso de hidroxicloroquina como profilaxia e no estágio inicial do tratamento para pacientes que contraíram Covid-19.

Em sua rede social, Kelly também denunciou a publicação de estudos fraudulentos que buscaram desqualificar a hidroxicloroquina como um medicamento eficaz contra o coronavírus chinês.

“Apesar das tentativas de censura e da publicação de um estudo fraudulento no Lancet, as evidências agora são globais”, escreveu Kelly.

Citando as novas leis de homicídio culposo na Austrália que entraram em vigor em 1º de julho, Kelly disse que, com as evidências internacionais disponíveis, “continuar a proibir essa droga é negligência”.

“Cada detentor de cargo em Victoria que continua a proibir o uso de hidroxicloroquina pode correr o risco de 25 anos de prisão sob as novas leis estaduais. Isso não é brincadeira. Vidas australianas não deveriam estar em risco…”, escreveu Kelly.

Kelly postou vários artigos e estudos de professores médicos renomados que mostram que a hidroxicloroquina levou a uma redução de até 50% nas mortes por covid-19. Um deles é um artigo do Dr. Harvey A. Risch, professor de epidemiologista da Escola de Saúde Pública de Yale, nos EUA e com mais de 17 mil citações. O epidemiologista publicou em julho, um artigo de opinião no Newsweek em que afirma que “a chave para combater a covid-19 já existe e que somente precisamos começar a usá-la”, referindo-se à hidroxicloroquina.

alan correa criação de sites