Redes Sociais

Últimas

Decotelli não fez pós-doutorado na Alemanha, diz universidade

Marcos Rocha

Publicado

em

Reprodução

A Universidade de Wuppertal, na Alemanha, nega a informação de que o ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli da Silva, realizou pós-doutorado na instituição entre 2015 e 2017.

Em nota enviada à Exame, a universidade afirma que “O senhor Carlos Decotelli esteve na Universidade de Wuppertal para uma pesquisa de três meses sobre sustentabilidade. Ele não era pós-doutorando na nossa universidade. Ele não lecionou e não obteve nenhum certificado”.

Procurada, a assessoria de imprensa do Ministério da Educação (MEC) disse que está preparando uma nota com o posicionamento oficial a respeito da questão.

Questionamentos

Não é o primeiro questionamento ao currículo de Decotelli.

Na última sexta-feira (26), o reitor da Universidade Nacional de Rosario, Franco Bartolacci, disse que o novo ministro da Educação não obteve título de doutor em Administração — diferentemente do que consta disponível na plataforma Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). De acordo com Bartolacci, Decotelli teve a tese reprovada.

Posteriormente, o currículo de Decotelli sofreu uma alteração no Lattes. Na versão anterior, constava originalmente a informação de doutorado na Universidade Nacional de Rosário concluído em 2009, com a tese “Gestão de Riscos na Modelagem dos Preços da Soja”, sob orientação de Antonio de Araujo Freitas Jr. Após a mudança, o título da tese e o nome do orientador foram excluídos. O campo “Título” foi preenchido com “Créditos concluídos”. E, no campo “Orientador”, passou a ser listado: “Sem defesa de tese”.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]

alan correa criação de sites