Redes Sociais

Últimas

Daniela Mercury é acusada de “apropriação cultural” por cantoras negras

“Apropriação cultural” é um termo usado por militantes da esquerda, que significa a adoção de alguns elementos específicos de uma cultura por um grupo cultural diferente.

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Arisson Marinho

A cantora Daniela Mercury foi vítima da própria militância que apoia abertamente.

Durante o Festival Sangue Novo, ocorrido no último sábado (26) em Salvador-BA, as cantoras Larissa Luz, Luedji Luna e Xênia França criticaram a “apropriação cultural” praticada por Daniela Mercury, que recentemente lançou a música “Pantera Negra Deusa”, na qual exalta Wakanda, nação negra fictícia criada pelo universo Marvel.

“A pantera negra, a deusa / A mãe original do mundo / Mãe da única raça / A raça humana / Somos todos filhos da preta”, diz a letra de Daniela Mercury.

Larissa Luz foi a primeira a se posicionar:

Está na hora de parar de usar de um discurso que não é seu para lucrar. Está na hora de parar de usar de um lugar de fala que não é seu para ganhar. Porque preto de alma não existe! O Brasil é um país que mata, é um país que humilha, um país que condena a cor da pele e não a cor da alma! Quem é preto é preto. Quem não é, não é! A música preta é nossa!”, disse a cantora, que em seguida foi muito aplaudida pela plateia.

E Wakanda também, Wakanda também é nossa!”, completou Luedi Luna.

Vale ressaltar que, Wakanda – lar do super-herói Pantera Negra – foi criada por dois brancos americanos, o escritor Stan Lee e o desenhista Jack Kirby.

Confira o vídeo:

Com informações, Agência Caneta

Estudante de Letras, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho. Brasil acima de tudo!

Publicidade
6 Comentários

6 Comments

  1. felicio romano

    31.01.2019 at 12:19

    meu nao entendo mesmo, dizem que somos todos iguais mais querem diferenças . entao pelo que entendo, se antigamente o negro era escravo, os brancos os patroes, se um negro for patrao ta fazendo apropriação cultural, é isso que estão dizendo?
    o maior racismo que existe e a divisão de raças, esse coitadismo ta gerando odio entre raças, divida historica eu nao tenho nenhuma, e a maioria que cobra essa divida historica, tambem nao tem nenhum parentesco com pessoas que foram escravas no brasil

  2. Luiza Borges

    30.01.2019 at 10:24

    Cultura não tem dono e Wakanda é apenas um mundo fictício. É sério isso? Protelar algo imaginário?
    Confesso que não sinto pena da Daniela Mercury, pois ela apoia esses movimentos e discursos unilaterais: “é homem, é machista; é branco, é racista, é hétero, é homofóbico.”
    Sinceramente, bem feito.
    Mas quando ela se cansar da militância e voltar a fazer música boa, estarei de braços abertos, pois era uma grande fã.

  3. Andréa Souza

    30.01.2019 at 07:46

    Eu acho bem feito para Daniela Mercury. Para ela sentir o gostinho. Daniela está sendo perseguida pelo movimento negro Fátima Bernardes pelas feministas e Antônia Fontetenelle pela comunidade Lgbt. Estou rindo muito. Turma da lactação.

  4. Ricardo Paes

    29.01.2019 at 22:55

    Alguém avisa pra essa cambada de idiotas que Wakanda não existe. É uma cidade ficcticia criada por roteiristas e desenhistas brancos, Imbecis.

  5. Eduardo

    29.01.2019 at 20:28

    Insanidade geral. Se a campanha contra o racismo aos negros não pode ser feito por brancos então acabou a União entre os seres humanos. Nos meus cinquenta anos nunca ouvi um comentário mais esquisito que esse. Essas cantoras estão doentes da cabeça, só pode… Ciúmes porque ela faz dinheiro com isso? Ora minhas amigas a Daniela está fazendo um trabalho mais eficiente que vcs 3 juntas, vcs ainda não perceberam isso? Pois percebam logo é porem de falar bobagem. Ou será que o presidente está pagando os seus salários?

  6. Elis Alencar

    29.01.2019 at 18:23

    estao começando a se ferroar…. deveriam era defender o cidadao em situaçao de risco, pobre. Esses sim, embora sejam maioria, sao minorias. Ninguem briga por els pois nao da cartaz!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites