Redes Sociais

Arábia Saudita

Coronavírus: Espanha e Iraque registram suas três primeiras mortes; Segundo caso na Arábia Saudita; Argélia relata novos casos

Thaís Garcia

Publicado

em

Imagem: Nito/100/ iShock

Na Espanha, há até o momento 242 casos de infecção pelo coronavírus; três dos quais já tiveram alta: um cidadão alemão que foi internado em La Gomera, uma mulher também na mesma ilha e um britânico em Mallorca. Além disso, a Comunidade Valenciana confirmou na terça-feira a primeira morte por COVID-19, quarta-feira a segunda no País Basco e nesta quinta-feira a terceira em Madri.

Atualmente existem 237 casos ativos: 89 em Madri, 22 na Comunidade Valenciana, 28 na Catalunha, 20 no País Basco, 13 na Andaluzia, 11 em Castilla y León, 12 em Castilla-La Mancha, 10 em Cantabria, 6 nas Ilhas Canárias, 7 em La Rioja, 6 na Extremadura, 5 nas Ilhas Baleares, 5 nas Astúrias, 3 em Navarra, 1 na Galícia e 1 em Aragão.

Sete dos pacientes da Andaluzia, Astúrias, Castilla-La Mancha, Castilla e Leão, Madri e Navarra estão na UTI e 14 do total infectado estão bem de saúde.

Todas as pessoas infectadas estão isoladas e existem várias comunidades autônomas que continuam avaliando casos suspeitos.

Iraque
As autoridades sanitárias iraquianas anunciaram na quarta-feira as duas primeiras mortes do país pelo novo coronavírus, uma na capital Bagdá e outra na região autônoma curda.
Um clérigo muçulmano de 70 anos morreu na quarta-feira (4) pelo vírus, a primeira morte do surto em um país onde 35 pessoas foram infectadas.
O clérigo iraquiano estava em quarentena na cidade de Sulaimaniyah, no nordeste do país, antes de sua morte, disse um porta-voz da autoridade sanitária da região autônoma curda.
Segundo fontes locais, ele havia se encontrado recentemente com iraquianos que retornavam do Irã, que registrou o terceiro surto mais mortal fora da China, o epicentro da epidemia.
Uma segunda morte pelo novo coronavírus foi anunciada pelo Ministério da Saúde do Iraque, que afirmou em comunicado que o falecido estava em Bagdá e sofria de “deficiências imunológicas”.

Arábia Saudita
Arábia Saudita anunciou na quarta-feira o segundo caso de coronavírus de um cidadão saudita que veio do Irã através de Bahrain, anunciou o Ministério da Saúde em comunicado publicado pela agência de notícias estatal.

O ministério confirmou que o novo caso está atualmente em quarentena no hospital e todas as pessoas que interagiram com ele foram testadas e os resultados serão anunciados assim que forem concluídos.

Argélia
A Argélia registrou 9 novos casos confirmados de coronavírus na quarta-feira, elevando para 17 o número total de pessoas com resultado positivo para o vírus, informou o Ministério da Saúde.

Os casos incluem 16 da mesma família na província de Blida, cerca de 30 km ao sul da capital Argel, e um italiano.

A família recebeu no mês passado um homem e sua filha baseados na França que foram testados positivos para coronavírus depois de voltar para a França.

Mortalidade

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a taxa global de mortalidade entre os pacientes infectados pelo coronavírus é de 3,4%. Isso o torna mais letal que a gripe comum (influenza), que tem letalidade de menos de 1%, e o vírus corona causa uma doença mais severa, a Covid-19.

Em todo o mundo, mas 3.290 pessoas morreram devido ao vírus até o momento. Apenas na China, foram registrado oficialmente 3.013 mortes, na Itália 107 e no Irã 92. Foram registrados 95.748 infectados pelo novo coronavírus.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »
alan correa criação de sites