Redes Sociais

Coronavírus

Coronavírus chinês: empresa japonesa lança ‘kit de teste de 15 minutos’

Thaís Garcia

Publicado

em

Imagem: CDC/ AP

A empresa privada Kurabo Industries, com sede em Osaka, no Japão, lançou kits de testes que prometem detectar infecções do coronavírus chinês e retornar um resultado em 15 minutos. O kit de US $ 235 tem uma taxa de precisão de 95% e pode ser usado ​​10 vezes para testar o novo vírus.

Os testes existentes, que se baseiam em um método conhecido como reação em cadeia da polimerase para fazer rapidamente milhões de cópias de uma amostra de material genético, exigem que sejam utilizados cotonetes para a retirada de material genético da boca do paciente e, normalmente, leva de quatro a seis horas para retornar um resultado.

O Japão tem atualmente mais de 1.500 casos de infectados pelo coronavírus chinês e registrou 32 mortes.

O país conseguiu aumentar sua capacidade de testes para poder rastrear até 7.000 pessoas por dia, mas segue uma política de testar apenas indivíduos identificados como particularmente de risco, de acordo com o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar.

Entre 18 de fevereiro e 14 de março, 29.122 testes foram realizados em todo o Japão. O número de testes variou entre 100 e 800 por dia, de acordo com as necessidades das autoridades locais diante de grupos repentinos de casos emergentes em certas partes do país, disse um porta-voz do ministério.

“Agora temos uma capacidade muito maior e a capacidade de realizar 6.000 ou 7.000 testes todos os dias”, disse Takuma Kato, vice-diretor da Divisão de Controle de Doenças Infecciosas do ministério.

“Acreditamos que precisamos priorizar o teste das pessoas que precisam dele. Não estamos testando pessoas que apenas dizem que querem fazer o teste; estamos verificando pessoas que foram atendidas por um médico que recomenda que elas sejam submetidas ao teste”, acrescentou.

“As autoridades de saúde no nível da prefeitura estão sendo solicitadas a compartilhar dados sobre novos casos e grupos que surgem, e a fornecer apoio a quaisquer outras autoridades que pareçam estar lutando”, disse Kato.

Testes

Os testes, que foram originalmente desenvolvidos por uma empresa parceira chinesa, envolvem a colocação de algumas gotas de sangue e algum agente de teste em uma membrana. Com a reação, um médico pode confirmar em 15 minutos se a pessoa contraiu o vírus pela presença de anticorpos na amostra. Os kits também são eficazes na detecção da doença em um estágio inicial da infecção e antes que sintomas mais óbvios apareçam.

O novo produto foi colocado à venda na segunda-feira (16) e está sendo fornecido para empresas de teste, hospitais, laboratórios e universidades. A empresa se recusou a confirmar quantos kits foram vendidos no dia do lançamento do produto.

Mais empresas também estão correndo para desenvolver testes de diagnóstico precisos e rápidos, como a Shimadzu Corporation, que fabrica equipamentos de precisão, anunciando que espera poder lançar um kit de análise que detecta o coronavírus chinês em uma hora até o final de março.

 

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

alan correa criação de sites