Redes Sociais

Brasil

Celso de Mello prorroga por 30 dias investigação sobre suposta interferência de Bolsonaro na PF

Tiago Netto

Publicado

em

Nelson Jr | SCO | STF

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, prorrogou por mais 30 dias o inquérito que apura se o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir na autonomia da Polícia Federal.

Relator do caso, o ministro atendeu a um pedido feito pela Polícia Federal e que teve aval do procurador-geral da República, Augusto Aras.

A PF quer tomar o depoimento do presidente, mas isso só deve ocorrer após diligências ainda pendentes.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites