Redes Sociais

Brasil

Caso Emelly: ex-marido da dentista pernambucana é preso neste sábado

Redação

Publicado

em

Reprodução

A polícia prendeu Lívio Quirino Neto, ex-marido da jovem dentista pernambucana Emelly Nayane da Silva Ribeiro, de 23 anos, morta na segunda-feira (22).

Segundo fontes do Conexão Política, o homem é apontado como o principal suspeito do crime. Ele foi detido neste sábado (27).

Lívio foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) do Recife/PE, onde será submetido a exame de corpo de delito.

Ainda de acordo com as informações obtidas pela reportagem, posteriormente o acusado será levado ao presídio. De lá, aguardará deliberação da Justiça sobre a prisão.

No dia do óbito, Emelly chegou a ser socorrida para o Hospital de Nossa Senhora do Ó, em Paulista, no Grande Recife.

A princípio, os investigadores classificaram o falecimento como “morte a esclarecer”. Parentes dela, no entanto, a todo momento afirmavam que o ex-marido seria o autor do delito.

Na declaração de óbito, consta que a dentista foi morta por “asfixia direta por esganadura”.

Diversos familiares relataram à nossa equipe que o ex-marido não aceitava o fim do relacionamento e, por diversas vezes, desferiu agressões físicas contra a vítima.

Por meio de nota, a Polícia Civil de Pernambuco (PC-PE) afirmou que “após o resultado das perícias, que já estão sendo feitas e concluídas, e ao término das ouvidas de testemunhas relacionadas, será definida a causa jurídica da morte”.

Conexão Política é um jornal digital inteiramente compromissado com a cobertura e análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | [email protected]