Redes Sociais

Últimas

Carlos, Eduardo Bolsonaro e Bene Barbosa se desentendem

Marcos Rocha

Publicado

em

Carlos, Eduardo Bolsonaro e Bene Barbosa se desentendem 16
Imagem: Reprodução

Na tarde desta quinta-feira (10), uma discussão entre o vereador Carlos Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro e o analista de segurança, articulista e palestrante Bene Barbosa, repercutiu nas redes sociais, especialmente no Twitter.

O desacordo se deu em razão de uma minuta, publicada pelo SBT, onde se afirmava que o decreto que facilitará a permissão para a posse de armas – já anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro – pode incluir a exigência de se ter um cofre em casa. Ainda de acordo as informações do SBT, o texto ainda prevê a declaração de necessidade para a posse e o limite de duas armas por interessado.

Bene Barbosa, que é especialista em armas de fogo e segurança pública, fez uma publicação em resposta a um tweet do deputado federal Eduardo Bolsonaro, que pedia cuidado a quem critica “aquilo que não conhecem”.

“Olá, deputado. Concordo plenamente, sendo assim, peço que o governo publique a minuta antes da aprovação. Depois que estiver no D.O.U a Inês é morta”.

O vereador Carlos Bolsonaro, em seguida, respondeu:

“Bene, com todo respeito, acho que deveria falar menos do que não sabe dos fatos. Está muito estranho essa antecipação! Por que?”.

Bene Barbosa replicou:

“A minuta que o SBT publicou era falsa? Quais são os fatos? São 30 anos trabalhando e abrindo mão de muita coisa, desculpe, mas isso me dá um pouquinho de direito de comentar o que eu bem entender. Não se trata de antecipação, mas de cuidado. Entendeu o porquê?”.

O especialista, posteriormente, ainda fez um novo tweet a Eduardo Bolsonaro:

“Pergunto agora pra você como deputado e não como filho do presidente: acha aceitável a obrigatoriedade de cofre para arma de defesa e o limite de duas armas, isso claro, se realmente isso está na minuta. Conheço seu posicionamento e sei que não acha. Abraços.”

Eduardo respondeu da seguinte maneira:

Por isso, Bene. Pq estamos falando de cofre (o que é absurdo) se nem sabemos se isto está previsto no decreto? Isso é matéria plantada para desgastar o único governo capaz de reverter a atual situação das armas. Vamos seguir com mais pautas propositivas e menos especulações”.

Por fim, Bene questionou se a minuta divulgada pelo SBT era falsa, mas até o fechamento desta matéria nenhum dos filhos de Bolsonaro que estavam envolvidos na discussão (Eduardo e Carlos) replicou.

Bene Barbosa, posteriormente, ainda fez um tweet afirmando que estaria cansado de “dar murro em ponta de faca e ainda tomar porrada de quem deveria agradecer nosso empenho”.

“Para mim o assunto está encerrado neste momento. (…) Só me manifestarei novamente sobre esse tema quando o decreto das armas estiver publicado no D.O.U.”

OPINIÃO DO COLUNISTA

Espero que o presidente, para a elaboração do decreto, ouça os representantes da causa armamentista. Bene Barbosa é um grande estudioso e está nessa luta há muito tempo, tanto é verdade que este deveria, no mínimo, PARTICIPAR da elaboração do texto. Também espero que essa minuta divulgada pelo SBT não se confirme, sobretudo porque não há como compactuar com um conceito de meia liberdade, tampouco um meio direito, com pré-requisitos absurdos e ineptos. Aguardemos!

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

CONTATO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política, residente e natural de Campo Grande/MS, assistente de gabinete junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) e estudante de Ciências Jurídicas.

15 Comentários

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites