Redes Sociais

Últimas

Candidato a vereador é assassinado durante live

Redação

Publicado

em

Reprodução

Um vídeo de circuito de segurança mostra o momento em que um pré-candidato a vereador foi morto, a tiros, na tarde desta última quinta-feira (24), em Patrocínio, município a 393 km de Belo Horizonte/MG.

Segundo a polícia, o suspeito de matar Cássio Remis (PSDB) é o irmão do prefeito e então secretário de obras da cidade, Jorge Marra (DEM).

O autor dos disparos, segundo o portal R7, fugiu após o assassinato e, até a manhã desta sexta-feira (25), ainda era procurado.

O prefeito Deiró Marra (MG), candidato à reeleição e adversário político de Remis, exonerou o irmão do cargo logo após o crime e decretou luto de três dias.

O atual chefe do Executivo lamentou o ocorrido, durante uma entrevista coletiva, e avaliou que o crime não deve afetar a corrida eleitoral.

O assassinato

De acordo com o R7, Ramis foi assassinado enquanto tentava reaver o telefone celular que teria sido tomado por Jorge Marra minutos antes, quando o pré-candidato fazia uma live na internet.

O postulante ao cargo de vereador denunciava na transmissão ao vivo uma suposta obra que a prefeitura que iria beneficiar a instalação do comitê de campanha de Deiró Marra em uma casa na região.

O crime aconteceu em frente à sede da Secretaria de Obras. Segundo a polícia, o suspeito disparou cinco tiros contra a vítima.

Remis foi vereador de Patrocínio entre os anos de 2009 e 2016. Neste período, o político chegou a presidir a Câmara Municipal.

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

alan correa criação de sites