Redes Sociais

Últimas

Bolsonaro assina decreto que proíbe uso dos termos ‘Vossa Excelência’ e ‘doutor’ nos órgãos federais

Segundo o governo, intenção é a ‘desburocratizar’ tratamento e ‘eliminar barreiras que criam distinção’ entre funcionário

Marcos Rocha

Publicado

em

Marcelo Camargo | Agência Brasil

Nesta quinta-feira (11), o presidente da República Jair Bolsonaro assinou um decreto federal que proíbe que funcionários, servidores e integrantes do governo federal utilizem os termos “Vossa Excelência” e “doutor” em comunicados, atos e cerimônias públicas.

Segundo o Planalto, a medida possui o objetivo de “promover a desburocratização no tratamento” e “eliminar barreiras que criam distinção entre agentes públicos no âmbito do Poder Executivo federal”.

O texto prevê que os agentes públicos utilizem os termos “senhor” ou “senhora” no tratamento oral e escrito.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

CONTATO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política, residente e natural de Campo Grande/MS, assistente de gabinete junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) e estudante de Ciências Jurídicas.

Publicidade
3 Comentários

3 Comments

  1. JOAQUIM MARQUES CARDOSO

    12.04.2019 at 11:27

    Já era tempo de acabar com tanta tolice. Parabéns Presidente pela atitude sensata. Senhor e senhora é sem dúvida o tratamento mais adequado e respeitoso. Ninguém é excelente ou merece ser excelente. Poucos são os doutores de fato e nem por isso precisam merecer tratamento diferenciado.

  2. Eduardo faia

    12.04.2019 at 08:34

    Minha atitude ,em como opinião sobre qq expressão chamativa, está no tom de voz,ou seja se m dirijo às pessoas em tom delicado e cordial pra que , usar expressões do ripo: doutor, vossa excelência e por vai.
    Da mesma forma que posso ser arrogante ao chamar vossa excelência com raiva ou com outros pensamentos mais baixos ainda.
    Então, conclusão: um presidente de um país assinar um decreto desses é pura falta do que fazer no que diz respeito a verdadeira situação do Brasil.
    Portanto presidente, vossa excelência deveria ir trabalhar e parar de baquice

  3. Kraid

    11.04.2019 at 20:35

    Tá bom, mas pra que proibir? Pode-se até dizer que eu não sei do que estou falando, afinal a matéria não apresenta muitos detalhes, mas isso pra mim é substituir uma burocracia por outra, o certo seria tirar a obrigação de se referir ao outro como “vossa excelência” ou “doutor” (se é que isso era obrigado pra começo de conversa), mas agora proibir, serio isso me parece um ataque a liberdade de expressão, obrigar o cidadão a chamar outro de doutor ou vossa excelência é tão absurdo como proibir esses termos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites