Redes Sociais

Últimas

Bolsonaro vai à PGR e solicita investigação contra seu próprio partido

Marcos Rocha

Publicado

em

Reuters

O presidente Jair Bolsonaro acionou a Procuradoria-Geral da República e pediu o bloqueio do fundo partidário do PSL (Partido Social Liberal), seu próprio partido.

O chefe do Executivo também deseja o afastamento do presidente da sigla, o deputado federal Luciano Bivar (PSL-PE).

O mandatário quer ainda a abertura de investigação para apurar indícios de ilegalidades supostamente cometidas pela direção do partido no uso de dinheiro repassado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitora).

Em entrevista, o advogado de Bolsonaro, Dr. Admar Gonzaga, afirmou que trata-se de uma “ação bastante robusta”.

“Pedimos, inclusive, que ela seja remetida à Receita Federal para uma checagem dos documentos fiscais e de todos os gastos e despesas do partido”, declarou.

A representação é assinada por 23 parlamentares.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]

alan correa criação de sites