Bolsonaro sobre Mozart na Educação: “Não existe essa possibilidade”

Autor: 2 Comentários Compartilhar:
Imagem: Patrick Rodrigues | Agencia RBS

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse a O Antagonista, por telefone, que “não existe possibilidade” de nomear Mozart Neves, do Instituto Ayrton Senna, para o Ministério da Educação.

Mais cedo, o jornal Estadão publicou uma matéria afirmando que o educador seria o ministro da pasta no governo Bolsonaro e que a oficialização se daria até a próxima quinta-feita, 22, quando os dois conversarão numa reunião.

Segundo Bolsonaro:

“É uma excelente pessoa, mas estamos muito preocupados com o perfil para colocar na Educação. É um ministério que tem a ver com o futuro do Brasil. Tem que dar uma sacudida lá”.

O presidente eleito também se manifestou pelo Twitter:

“Informo que até o presente momento não existe nome definido para dirigir o Ministério da Educação”.

Amanhã, quinta-feira (22), ele conversará com dois candidatos à pasta da Educação.

Post anterior

Sempre fui a favor da pena de morte e prisão perpétua, porque conheci a maldade humana

Próximo post

Donald Trump planeja comparecer na posse de Jair Bolsonaro, em janeiro

Você pode gostar também:

2 Comentários

  1. As escolas dirigidas por militares não são as melhores? Tá esperando o quê pra encher de militares no Ministério da Educação? Bora chutar o traseiro dos comunistas pra fora das escolas!

  2. Mozart e daquelas raposas velhas. Estudioso, tem competência, porém, seria facilmente engolido pelos cardeais bandidos.
    Precisamos na verdade de um perfil duro para mudar tudo.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.