Redes Sociais

Últimas

Bolsonaro sobre Moro: “Mudou o ministro e tudo começou a fluir melhor”

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Marcos Corrêa | PR

O presidente Jair Bolsonaro, que realiza a tradicional ‘live presidencial’ nas quintas-feiras, iniciou a transmissão destacando a excelente atuação da Polícia Federal (PF) da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nos últimos meses.

Ele iniciou dizendo:

“A PRF é uma das instituições que nos orgulham. Faz um trabalho excepcional. Tem batido recorde de apreensão de drogas, armamento e também dinheiro em espécie desde abril para cá. Por coincidência, né?”, questionando para Ricardo Salles, do Meio Ambiente, que estava ao lado dele.

Foi então que o presidente aproveitou o assunto para criticar Sergio Moro, antigo ministro da Justiça e Segurança Pública.

“Mudou o ritmo de trabalho, mudou o ministro da Justiça e tudo começou a fluir melhor na PRF, na Polícia Federal. São instituições que nos orgulham”, completou.

Recorde de apreensões

Após a declaração do presidente, o Conexão Política resolveu levantar alguns números oficiais, divulgados pela própria PF, após a data do pedido de demissão de Sergio Moro.

Em 23 de maio — mês seguinte da exoneração — a Polícia Federal bateu um novo recorde de apreensões de drogas.

Em conjunto com a PRF, a PF realizou a maior apreensão de drogas da história do Brasil – 28 toneladas de maconha apreendidas em Tacuru/MS.

Policiais federais ainda apreenderam mais de duas toneladas de entorpecentes em ações pelo país.

Segundo a própria PF, no dia 16/05, a Polícia Federal prendeu em flagrante dois indivíduos que transportavam em um avião mais de 130kg de entorpecentes, em Manaus/AM. Entre segunda-feira e terça-feira (18 e 19/05) outros dois homens foram presos no estado por transportar 418 kg de drogas em um bimotor oriundo do Peru.

Ainda de acordo com o órgão, uma tonelada de maconha, carregada em três veículos no estado do Paraná, foi apreendida durante patrulhamento na zona rural de Guaíra na terça-feira (19/05). No mesmo dia, policiais federais apreenderam 770 kg de maconha em uma embarcação no Lago de Itaipu, durante ação da Operação Hórus, em Foz do Iguaçu.

Mais um novo recorde

Em agosto deste ano, a Polícia Federal divulgou um balanço do Programa Nacional de Segurança das Fronteiras e Divisas (Vigia).

Segundo os dados do mês 08, nos últimos três meses, o órgão bateu recorde na apreensão de drogas nas fronteiras e divisas do País.

A Operação Hórus, um dos eixos do Programa do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), apreendeu 261 toneladas de drogas, entre maconha, cocaína, haxixe e outros entorpecentes. Enquanto no primeiro trimestre deste ano, a apreensão foi de 34 toneladas.

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

alan correa criação de sites