Bolsonaro quer expandir ferrovias, rodovias e aeroportos com a iniciativa privada

Autor: 1 comentário Compartilhar:
Imagem: Marcelo Cardoso/GP1

O plano de um eventual governo Bolsonaro baseia-se em expandir ferrovias, rodovias e aeroportos quase que exclusivamente com recursos privados, informa o Estadão.

O pacote de concessões planejado por auxiliares de Bolsonaro irá incluir a possibilidade de renovar antecipadamente contratos em curso, além de relicitar aqueles que apresentam problemas.

Segundo Paulo Coutinho, economista e professor da UnB que supervisiona propostas para infraestrutura do PSL, o BNDES poderá entrar com financiamento para a fase de construção. “[O] objetivo é não colocar mais dinheiro do governo. O limite é o que está hoje no orçamento”, disse em entrevista ao Estado.

Ainda segundo o economista, os recursos chineses serão bem vindos. “Bolsonaro é contrário aos chineses comprarem terras. Não há resistência para ferrovias”, disse.

 

Post anterior

Dois dias após criticar o PT, Cid Gomes reforça apoio a Haddad

Próximo post

Vinicius Poit promete lutar contra o aumento de salário de políticos

Você pode gostar também:

1 comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.