Redes Sociais

Últimas

Bolsonaro diz que demitirá presidente dos Correios por agir como ‘sindicalista’

De acordo com Bolsonaro, o general que comanda os Correios se comportou como “sindicalista” e se manifestou contrário à privatização da estatal

Marcos Rocha

Publicado

em

Divulgação | Correios

O presidente Jair Bolsonaro declarou nesta sexta-feira (14) que vai exonerar o presidente dos Correios, general Juarez Cunha.

De acordo com o chefe do Executivo, o militar se comportou como “sindicalista” e se manifestou contrário à privatização da estatal.

A informação sobre a demissão foi dada por Bolsonaro, ao final de um café da manhã com jornalistas, no Palácio do Planalto.

General do Exército, Juarez Cunha assumiu a presidência dos Correios em novembro de 2018, durante a gestão de Michel Temer.

O militar foi mantido no cargo por Bolsonaro. 

Juarez, contudo, defende a manutenção dos Correios como empresa pública.

Durante o feriado de Páscoa, o general escreveu em uma rede social que tinha “argumentos para demonstrar porque é importante para o país manter a empresa pública [os Correios], inclusive apresentado casos malsucedidos de privatização de correios pelo mundo”.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

FALE COMIGO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política | Residente e natural de Campo Grande/MS

alan correa criação de sites