Redes Sociais

Últimas

Bolsonaro anuncia fim da obrigatoriedade do simulador para tirar habilitação

A decisão, que foi uma promessa do presidente, será conduzida pelo ministro Tarcísio Freitas, que comanda o Conselho Nacional de Trânsito

Marcos Rocha

Publicado

em

Fabio Rodrigues Pozzebom | Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro foi ao Twitter na manhã desta sexta-feira (14).

O chefe do Executivo anunciou que o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), que é presidido pelo ministro Tarcísio Freitas (Infraestrutura), decidiu que o uso de simuladores na formação de motoristas não será mais obrigatório, e sim opcional.

A mudança sempre foi defendida pelo presidente Bolsonaro, que ainda em fevereiro já tinha anunciado a intenção de acabar com a obrigatoriedade do simulador.

A mudança começa a valer em 90 dias.

Na avaliação do ministro Tarcísio, a retirada dos simuladores vai reduzir a burocracia e, consequentemente, diminuir em até 15% o custo para tirar uma CNH.

“O simulador não tem eficácia comprovada, ninguém conseguiu comprovar que é importante para o condutor. Nos países ao redor do mundo não é obrigatório, meso em países com excelentes níveis de segurança no trânsito”, disse Tarcísio.

O secretário executivo do ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, declarou esperar que autoescolas que saíram do mercado por conta da burocracia possam voltar com o fim do simulador.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

FALE COMIGO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política | Residente e natural de Campo Grande/MS

alan correa criação de sites