Redes Sociais

Últimas

Blogosfera esquerdista repercute narrativa de Felipe Neto contra Nando Moura

Nando deu a entender que as “notícias” foram forjadas pelo próprio Felipe Neto em parceria com jornalistas de esquerda.

Redação

Publicado

em

Blogosfera esquerdista repercute narrativa de Felipe Neto contra Nando Moura 20
Imagem: Divulgação

Nesta última segunda-feira (1), uma discussão entre os youtubers Nando Moura e Felipe Neto repercutiu nas redes sociais.

Tudo começou em 2016, quando Felipe Neto publicou um vídeo intitulado O PEDÓFILO (O QUE VOCÊ NÃO SABE) [+13]. O youtuber pedia para que seus inscritos visitassem fóruns obscuros na internet, cujas plataformas eram suspeitas de propagar conteúdos de pedofilia, prostituição, necrofilia e violência.

Em resposta, Nando Moura gravou um vídeo intitulado Um IDIOTA e uma CÂMERA. O youtuber conservador, na época, repudiou a atitude de Felipe Neto e expôs sua indignação ao perceber que um público infanto-juvenil estaria exposto aos conteúdos explícitos.

No início da tarde desta segunda-feira (1), Felipe Neto realizou uma publicação em seu Twitter com destaque à matéria do Brasil 247, blog que já foi bancado com dinheiro de propina a pedido do Partido dos Trabalhadores.

A matéria divulgada por Felipe Neto dizia que o Ministério Público queria a prisão de Nando Moura por difamação contra uma estudante negra. Na mesma publicação, o youtuber ainda afirmou que bancaria todos os custos referentes aos honorários advocatícios da estudante.

Em resposta, Nando Moura negou que estivesse tentando qualquer obstrução no processo:

“Eu já fui citado nesta ação há mais de 2 anos, inclusive a Dona Poliana não compareceu às audiências. Mesmo assim, a dupla de difamadores insiste que eu “fugi do oficial de Justiça”.

Nando também fez questão de lembrar que a estudante que atualmente figura como ofendida no processo judicial é a mesma que apareceu num vídeo discursando para estudantes da USP em 2015. Na ocasião, Poliana declarou que “cotas é só o começo, cada um de vocês nos devem até a alma!”.

Nando Moura afirmou ainda que, não houve qualquer apoio ao episódio racista ocorrido na faculdade, e sim uma crítica contra as ofensas proferidas pela própria Poliana aos alunos que nada tinham a ver com a situação.

Por fim, Nando lembrou que não houve nenhum pedido do Ministério Público para que uma pena de prisão fosse aplicada:

“O processo é iniciado e impulsionado pela própria ofendida. O que a promotora estava fazendo é uma analise abstrata dos fatos narrados na petição inicial para fins de analisar de quem seria a competência para julgar a ação, tendo em vista qual seriam as penas máximas para os crimes supostamente praticados”.

Os sites Pragmatismo Político e Catraca Livre também divulgaram a narrativa do Felipe Neto.

O youtuber conservador disse que processaria os sites que estariam o caluniando. Nando deu a entender que as “notícias” foram forjadas pelo próprio Felipe Neto em parceria com jornalistas de esquerda. Depois das ameaças de processo, o site TecMundo — que haveria também espalhado a tal “notícia” — removeu a página com o conteúdo. 


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites