Redes Sociais

Mundo

Blackberry Cylance expõe táticas chinesas de espionagem digital

Tiago Netto

Publicado

em

System Picture

Um relatório divulgado pela empresa de segurança Blackberry Cylance nesta terça-feira (7) afirma que grupos chineses ligados ao governo local usaram táticas para espionar empresas e governos espalhados pelo mundo. A informação é do portal UOL.

A pesquisa focou em cinco grupos chineses de ciberataques e espionagem. Esses grupos usariam malwares e outras táticas para roubar informações de outras empresas e governos pelo mundo, muitas delas de propriedade intelectual.

As invasões teriam ocorrido nos sistemas Linux, Android e Windows. A extensão dos ataques é grande e englobaria praticamente todos os setores industriais.

“O Linux é considerado mais seguro e requer uma manutenção menor, tornando ele ideal para servidores. Mas os grupos chineses exploraram a natureza ‘sempre ligada, sempre disponível’ do sistema para estabelecer uma operação em redes-alvo, sem serem detectados por quase uma década”, diz o relatório.

De acordo com a empresa, os grupos em questão souberam se atualizar na última década para continuar roubando dados e propriedade intelectual à medida que novas tecnologias foram surgindo.

A Blackberry Cylance não informou o nome das organizações ou governos, nem quantas companhias teriam sido alvo dos ataques chineses. Segundo a empresa, há indícios que estes grupos agiram em acordo com o governo da China.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites