Redes Sociais

Brasil

Beneficiado por regra do coronavírus, líder do PCC no Paraná rompe tornozeleira e some

Tiago Netto

Publicado

em

Reprodução

Em menos de 24 horas após sair da prisão, por ser considerado grupo de risco para Covid-19, o narcotraficante Valacir de Alencar, líder do PCC no Paraná, rompeu a tornozeleira e desapareceu, segundo Cláudio Dantas, do portal O Antagonista.

Ele recebeu o benefício da prisão domiciliar e teria que usar uma tornozeleira eletrônica.

Após isso, arrancou a tornozeleira assim que saiu da cadeia.

O juiz Diego Barausse é o responsável pela soltura do traficante.

Valcir foi condenado a 76 anos de prisão por inúmeros crimes.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites