Redes Sociais

Rio de Janeiro

Bebê que morreu na Cidade de Deus não foi baleado, segundo hospital

Danielly Jesus

Publicado

em

Bebê que morreu na Cidade de Deus não foi baleado, segundo hospital 15
Foto: Facebook / Reprodução

De acordo com a RioSaúde, que administra a UPA da Cidade de Deus, para onde o bebê foi levado, os médicos apontaram que a criança sofreu um trauma na cabeça. Benjamin, de apenas 1 mês, não resistiu e morreu. O corpo será enviado ao Instituto Médico-Legal para determinar a causa da morte.

O bebê foi encontrado pela mãe sangrando dentro do quarto onde dormia na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio, por volta das 7h30 desta quarta-feira (31). A família acreditou que o menino havia sido atingido por uma bala perdida, pois naquele momento estava ocorrendo uma operação da Polícia Militar no local.

“A mãe contou que, quando escutou os tiros, foi tirar ele do quarto para passar para o outro quarto onde é mais seguro. E nisso que ela pegou ele, ele já estava botando sangue pela boca e pelo nariz, estava sujo.” — contou uma amiga da família.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que o bebê “foi levado pela família para a Upa Cidade de Deus, em estado muito grave”. “Apesar dos esforços da equipe de saúde, a criança não resistiu e foi a óbito”, diz em nota.

Leia abaixo a nota da Polícia Militar sobre a operação:

“A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que, no início da manhã desta quarta-feira (31/07), policiais militares do 18ºBPM (Jacarepaguá) atuaram na Cidade de Deus, na Zona Oeste da cidade do Rio. Durante incursão na comunidade, criminosos atiraram contra as equipes e houve confronto. Não houve prisões e apreensões. O batalhão foi informado que não houve entrada de feridos em unidades de saúde da região até o momento”.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites