Redes Sociais

Últimas

Barroso pede desculpas após curtir post com acusação a Bolsonaro

Marcos Rocha

Publicado

em

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e integrante do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso, pediu desculpas por ter curtido uma publicação com uma frase de acusação ao presidente Jair Bolsonaro.

Barroso foi alvo de críticas no Twitter. Internautas acusaram o ministro de tomar lado e fomentar atrito entre os poderes da República.

A publicação curtida pelo magistrado foi um tuíte da IstoÉ. A revista divulgava uma entrevista do deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), em que o parlamentar afirma que “O sonho de Bolsonaro é fechar Congresso e STF, mas ele não tem apoio popular nem das Forças Armadas para isso”.

Após a repercussão, Barroso veio a público na manhã desta segunda-feira (29). Segundo ele, o post foi curtido por engano.

“Curti ontem um post sem querer. Ainda estou me adaptando a esta rede. Não curto posts com conteúdo de polarização política. Ao contrário, busco contribuir para o aprimoramento das instituições e para o debate racional de ideias. Agradeço a quem me alertou sobre o engano”, escreveu Barroso.

CONFIRA

 

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

FALE COMIGO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política | Residente e natural de Campo Grande/MS

alan correa criação de sites