Redes Sociais

Últimas

Barroso arquiva inquérito contra desembargador que mandou soltar Lula

O ministro do STF afirmou que o desembargador Rogério Favreto agiu nos limites de suas atribuições

Marcos Rocha

Publicado

em

Nelson Jr. | SCO | STF

O inquérito que apurava a conduta do desembargador Rogério Favreto do TRF-4 (Tribunal Federal da 4ª Região) foi arquivado nesta quinta-feira (4).

A determinação partiu do ministro do STF Luis Roberto Barroso, que exarou despacho afirmando que Favreto agiu nos limites de suas atribuições.

RELEMBRE O CASO

Em julho de 2018, o desembargador Rogério Favreto estava no plantão do TRF-4, quando liminarmente mandou soltar Lula.

A decisão, contudo, foi barrada pelo juiz Sergio Moro, que sustentou que Favreto não tinha competência para colocar Lula em liberdade e solicitou informações ao TRF-4.

Posteriormente, o relator da ação no TRF-4, desembargador João Pedro Gebran Neto, suspendeu a liminar de Favreto e manteve Lula na cadeia.

CONTATO: [email protected] | Editor-chefe do Conexão Política, residente e natural de Campo Grande/MS, assistente de gabinete junto ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS) e estudante de Ciências Jurídicas.

Publicidade
3 Comentários

3 Comments

  1. Pingback: Impunidade – O Grito

  2. Leia Maria

    04.04.2019 at 22:26

    Depois o STF quer nos IMPOR respeito.

  3. Yuri Yuri YDS

    04.04.2019 at 17:36

    Dá descarga no barroso.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites