Redes Sociais

Últimas

Band é condenada a indenizar Kim Kataguiri por críticas do falecido Ricardo Boechat

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM/SP) saiu vitorioso na ação que moveu contra a emissora.

Redação

Publicado

em

Bruno Santos | Folhapress

Nesta terça-feira, 23, a TV Bandeirantes foi condenada a indenizar em R$ 10 mil o deputado federal Kim Kataguiri.

O caso refere-se a declarações proferidas por Ricardo Boechat em 2017, funcionário da emissora neste período.

O jornalista faleceu em em fevereiro deste ano em um acidente de helicóptero.

Boechat criticou a postura do Movimento Brasil Livre (MBL), de Kim Kataguiri, ao boicotar uma exposição artística patrocinada por um banco, a Queermuseu.

Para Kim, o boicote era justo, pois a exposição ofendia a fé da maioria dos brasileiros.

O fato de dinheiro público ser usado, por meio da Lei Rouanet, para custear uma exposição ofensiva à fé da maioria da população brasileira merece ser criticada”, disse Kim Kataguiri, na época.

Boechat rebateu:

Então esses idiotas do MBL, que eu não sei nem o que é isso, tem um cara lá como é que chama? O Kim-Jong Un… é parente do Kim-Jong Un ou não? Como é o nome dele? Kim Kataguiri? A Kim-Jong Un Araquiri, esse bobalhão, diz que eles ficaram lá ofendendo as pessoas que estavam na exposição”, pontuou.

Em consequência disso, segundo informações do site ‘NaTelinha’, Kim Kataguiri alegou que se sentiu ofendido.

E mesmo após a morte do jornalista, a juíza Cláudia Thome Toni optou pela condenação.

Além de ter seu nome como objeto de trocadilhos em tom jocoso, o autor foi chamado de bobalhão, o que mostra a efetiva ofensa a sua honra e imagem, ao contrário do que entende a ré”, afirmou a magistrada.

A morte de Boechat

O jornalista da Band Ricardo Boechat, de 66 anos, estava entre as vítimas do acidente de helicóptero que caiu no dia 11 de fevereiro deste ano, na Rodovia em Anhanguera, em São Paulo.

O helicóptero caiu sobre um caminhão por volta do meio-dia, logo abaixo do quilômetro 7 do viaduto do Rodoanel, no sentido rodovia Castelo Branco, próximo ao pedágio Jabaquara, na Grande São Paulo.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto e o copiloto da aeronave morreram na hora.

Em pronunciamento ao vivo, o jornalista José Luiz Datena foi o primeiro a anunciar a morte do amigo.

Com profundo pesar desses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista Ricardo Boechat, pai de família, companheiro, o maior âncora do jornalismo da TV brasileira, morreu hoje em um acidente de helicóptero no Rodoanel em São Paulo”.

Boechat ia em direção a Campinas para a realização de uma palestra empresarial.

Jamais pensei que eu iria dar essa informação”, disse.

“É um momento muito triste para o jornalismo brasileiro, para a família Band”, concluiu Datena.

Âncora do Jornal da Band e da BandNews FM, Boechat teve passagens pelos principais jornais do país, como “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil”.

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites