Redes Sociais

Brasil

Artista plástico remove obra que fez em homenagem a Moro na sede da Justiça Federal em Curitiba

Tiago Netto

Publicado

em

Reprodução

Aos gritos de “Moro traidor”, o artista plástico Luiz Gagliastri fez uma cerimônia de retirada da obra “Mãos Limpas”, que fez em 2016 em homenagem ao trabalho do então juiz federal Sergio Moro.

A obra, que pesa cerca de uma tonelada, estava instalada na praça em frente à Justiça Federal em Curitiba, onde Moro trabalhava. Ela foi feita sob encomenda do movimento “Mais Brasil Eu Acredito”.

Segundo o artista plástico, Moro não é mais merecedor da obra. Em alusão à traição de Judas, o grupo que acompanhou a cerimônia ainda jogou trinta moedas no local.

“A traição é a coisa mais suja e sórdida que pode existir na face da terra”, disse Gagliastri.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites