Redes Sociais

Últimas

Arthur do Val é condenado a pagar 110 mil a Marcelo Freixo, do Socialismo e “Liberdade”

Publicado

em

Reprodução / Internet

Virou modinha os políticos “defensores da realidade” processarem civis e outros políticos que os desagradem em alguma fala.

Depois da deputada Maria do Rosário (PT) ter processado o comediante Danilo Gentili, e ter conseguido uma condenação (prisão), chegou a vez do deputado estadual por São Paulo, Arthur do Val.

Arthur foi condenado a indenizar Marcelo Freixo (PSOL) em 110 mil reais. Em vídeo em seu canal do YouTube declarou: “Obviamente eu vou recorrer; estou pessimista, pra ser sincero estou pessimista […] você faz um vídeo e é condenado a pagar 100 mil reais pra um político. E aí eu penso aqui: isso é censura ou não é? […]”

Freixo já havia conseguido um indenização do comediante Danilo Gentili, que em rede social mencionou que o psolista tinha relação com os Black Blocs.

“Eu digo com muita convicção: você pode fazer a força que você quiser, seja Marcelo Freixo, seja quem quer que seja, se você quiser me calar você não vai conseguir, cara! Você não vai conseguir! Eu já falei em outro vídeo e falo de novo: você pode arrancar todo centavo de dinheiro que eu tiver, você pode arrancar minha roupa, arrancar minha cueca, se você quiser; você nunca, nunca vai conseguir me mandar calar a boca. E eu espero que as pessoas sempre sigam esse exemplo: nunca deixem que um político ou alguém poderoso fale pra você calar a boca. Nunca deixe! Nunca Deixe! […]”, finalizou Arthur em seu vídeo.

O ativismo jurídico que presenciamos atualmente no país vem criando precedentes para uma terrível espiral do silêncio que, se continuar como vai, colocará temor tal sobre o povo que por sua vez, revestido de uma áurea de censura se calará, cobrindo os lábios com as mãos, temendo um processinho, que está na moda da elite esquerdista.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Cristão, conservador — o termo usado por idiotas é extrema direita: pró-vida, pró-família, pró-armas —, pedagogo, escritor e poeta. Vivo de poesia pra não morrer de razão. — www.andersonsandes.net

Publicidade
16 Comentários

16 Comments

  1. Adolair do Val

    20.04.2019 at 14:02

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA Continue falando suas merdas e que não te sobre nenhum centavo!

  2. Leia Maria

    15.04.2019 at 20:52

    A esquerda vai querer se vingar de ter perdido nas urnas ganhando na justiça, com seus ativistas judiciais travestidos de juízes. A manifestação que está marcada não pode ser só contra o STF, tem que ser contra todo e qualquer ativismo judicial. Depois falam da “censura” do regime militar! O objetivo dessas sucessivas condenações é nada mais nada menos do que praticar a CENSURA. Calar a boca das pessoas. INTIMIDAÇÃO. Mas claro, só de quem pé anti esquerdista, porque a esquerda tudo pode! Chamam-nos de nazistas,
    fascistas o tempo todo e fica por isso mesmo. Provavelmente esses MESMOS juízes entenderiam tais ofensas como “liberdade de expressão”.

  3. Abumussab

    14.04.2019 at 11:53

    Vcs não mostraram a sentença mas eu vou reproduzi-lá aqui bem sucintamente…” não calúnei e não Difame e se tiver provas apresente-as …

  4. Pingback: Arthur do Val é condenado a pagar 110 mil a Marcelo Freixo, do Socialismo e “Liberdade” – Conexão Política – FamilyDeals

  5. André P. César Chagas

    14.04.2019 at 09:53

    O mais importante disso td é que meu bolso continua igual. Tá ruim, mas tá bom. Kkkkk

  6. André P. César Chagas

    14.04.2019 at 09:51

    O que disse o Arthur do Val? Ele difamou o cara? Se bem que a palavra provavelmente nao é difamar e sim falar a verdd. A esquerda ama a censura.

  7. ALEX CESAR VASCONCELOS DA FONSECA

    14.04.2019 at 00:08

    Porque não fazem o mesmo. No Brasil a maconha é entorpecente. O Jean Willis fez apologia a droga durante a campanha entrevistando um maconheiro, onde falava de legalizar a maconha. Que tal acionar o MP, quem pode fazer isso?

  8. PAULO QUARESMA

    13.04.2019 at 23:51

    O maior problema é que os agentes públicos, que são pagos para servir o público de forma equânime, indistintamente quanto à raça, cor ou religião, atendem o balcão vestindo uma camiseta com a estampa do Chê ou com a frase “LULA LIVRE”. A justiça no Brasil tem cores, símbolos e slogans.

  9. Noel Maia

    13.04.2019 at 22:25

    Eu não quero ser injusto, sou defensor da liberdade de expressão , mas tem uma coisa aí neste embrulho ! Toda liberdade de expressão tem seu limite , e vendo alguns vídeos do ARTHUR DO VAL , se percebe a sua passada para outro lado da linha. Tem que respeitar esses limite , seja com quem for. Apesar que a JUSTIÇA preciosa aprender a ser mais imparcial .

  10. Márcia

    13.04.2019 at 21:58

    Agora esse comunista vai viver de indenização. Queremos ver a doação desse dinheiro para instituições de caridade SÉRIAS sem ligações partidárias. Fica a sugestão para os juízes.

  11. alfredo conceicao

    13.04.2019 at 18:04

    Marcelo Frouxo ligado ao crime organizado do Rio…ele sabe quem mandou matar Mariele e Bolsonaro….

  12. Alessandro

    13.04.2019 at 17:31

    é isso que dá ficar passando a mão na cabeça de esquerdista, tá cheio de casos deles atacando a reputação de pessoas de direita com difamações e calúnia e oq fazem? Deixa quieto, enquanto a direita não aprender que precisa dar o troco na mesma moeda contra esse tipo de gente, eles não vão aprender.

    • Manoel

      13.04.2019 at 18:56

      Cara, o certo é assim, a tua liberdade vai até onde começa a do outro, difamação e calúnia e crime!
      Falou merdas tem quê pagar o bonzo é rico pôde falar um monte de merda e pagar uns trocados não arranha o capital dele, danilo também, mas esse coitado é um idiota piolho de rico, pobre de direita vagabundo, vai doer no bolso dele, vai espernear já tá chorando quê nem criança cagada!

  13. Vinicius

    13.04.2019 at 16:35

    Modinha ou não é um direito que assiste a essa gente. Cabe ao judiciário analisar se procede .

  14. Karine S

    13.04.2019 at 16:00

    A indústria do processo! Haaaahaha! Esses socialistas adooooooram arrancar dinheiro dos outros. Aliás, eles amam o dinheiro.
    Com esse Estado super protetor das falsas vítimas não fica difícil ficar rico,não é mesmo?
    Se eu for a um restaurante e o garçom ousar me oferecer uma salada, eu processo o restaurante. Kkkkkkkkkkkkk. Paradoxos esquerdistas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites