Redes Sociais

Brasil

Aprovada MP 871, que poderá trazer 10 bilhões de economia logo no primeiro ano

Avatar

Publicado

em

O deputado federal Paulo Eduardo Martins, relator da MP. Imagem: Cleia Viana

Ontem (29) a Câmara aprovou a Medida Provisória 871, chamada pente-fino no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Foram 249 votos a favor, 123 contra e duas abstenções.

A MP poderá gerar economia de até R$ 9,8 bilhões logo no primeiro ano, de acordo com o governo. Mais de 5,5 milhões de benefícios pendentes de análise por irregularidade devem ser revisados. 

A matéria agora segue para análise do Senado. Ela precisa ser votada até o dia 3 de junho ou perderá validade. Como as sextas e segundas-feiras são esvaziadas no Congresso, os senadores tentarão votar o projeto nesta quinta-feira (30), informou o Poder 360.

No Twitter, o presidente Jair Bolsonaro comemorou: 

“BRASIL SEGUE AVANÇANDO! Aprovada na Câmara a MP 871, que combate fraudes no INSS. Economia estimada de R$ 10 bilhões por ano com a aplicação da medida. Matéria irá para votação no Senado nesta quinta, 30”.

No dia 19 deste mês, o deputado federal Paulo Eduardo Martins, relator da MP, fez um apelo para que nas manifestações do dia 26 a MP fosse colocada em pauta: “Aliás, gostaria que os líderes da manifestação apoiassem também a MP 871, que combate as fraudes no INSS. É a MP de maior impacto, meu relatório foi aprovado na comissão depois de intenso trabalho e negociação, mas ninguém fala dela. São apenas 100 bilhões em dez anos”.

Na madrugada de hoje o deputado comemorou a aprovação da MP:

“Agora, 01:04. Saindo da Câmara dos Deputados. Muito cansado, mas com a MP 871 aprovada debaixo do braço. Obrigado a todos que ajudaram a construir essa grande Vitória”.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Cristão, conservador — o termo usado por idiotas é extrema direita: pró-vida, pró-família, pró-armas —, pedagogo, escritor e poeta. Vivo de poesia pra não morrer de razão. — www.andersonsandes.net

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites