Redes Sociais

Últimas

Izabella Camargo abre o jogo sobre demissão na Globo: “Pior que assalto à mão armada”

Marcos Rocha

Publicado

em

Izabella Camargo abre o jogo sobre demissão na Globo: "Pior que assalto à mão armada" 16
Reprodução | TV Globo

A jornalista Izabella Camargo participou do programa Pânico, da rádio Jovem Pan, nesta última segunda-feira (9).

Ao comentar sobre a sua demissão na TV Globo, Izabella disse que, na ocasião, tinha a sensação de ter prestígio no canal, o que a fez sentir surpresa e decepção com a decisão da emissora de mandá-la embora.

“Foi a coisa mais violenta que aconteceu na minha vida. Foi pior do que um assalto a mão armada. Imagine que você tem moral e acabou de receber elogios. Você pensa que está batendo um bolão. Aí acontece uma situação e te falam que você não serve mais. Você se sente injustiçado ou não?”, questionou.

A jornalista foi reintegrada à Globo através de uma decisão judicial, mas fez um acordo milionário com a emissora e saiu novamente para focar em projetos pessoais.

Em que pese afirme não ter inimizades na emissora, ela demonstrou mágoas com um profissional dos bastidores.

“Uma pessoa disse que, no jornal dela, eu não voltaria a trabalhar. E isso foi logo quando fui reintegrada. É um absurdo, chocante”, revelou, sem citar nomes.

Izabella acredita que a atitude de ter entrado na Justiça para buscar seus direitos pode inspirar outros profissionais a fazer o mesmo em casos de doenças similares.

“Coloquei um dedo na ferida, rompi um sistema. Quando eu trabalhava na TV, as pessoas me paravam para tirar uma foto. Hoje, param para me agradecer por ter rompido o sistema, colocado o dedo na ferida de uma situação que está todo mundo jogando para debaixo do tapete”, declarou.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

FALE COMIGO: [email protected] | Residente e natural de Campo Grande (MS), editor-chefe do Conexão Política e estudante de Ciências Jurídicas.

Parceiros

alan correa criação de sites