Redes Sociais

Brasil

Após desentendimentos, Bruno Covas rompe com comitê do governo Doria

Tiago Netto

Publicado

em

Rovena Rosa | Agência Brasil

Após diversos desentendimentos entre o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e o governador do estado, João Doria, ambos do PSDB, parece que chegou ao fim a parceria entre a Prefeitura e o Centro de Contingência do governo estadual.

Por discordar de algumas decisões tomadas pelo comitê, o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, deixou o comitê e isto teria sido a ‘gota d’água’.

Isto logo após o governo de São Paulo mudar os parâmetros relacionados aos níveis de ocupação em UTIs em que facilitou o possível avanço das cidades às fases mais flexíveis do plano de reabertura da economia do estado.

Até então, era exigida uma taxa de ocupação inferior a 60%, agora terá de ser menor do que 75% por 28 dias.

Covas também não teria gostado do veto à sua sugestão de que o horário de funcionamento de bares e restaurantes fosse ampliado em uma hora aos sábados e domingos.

A proposta foi derrotada por 11 votos a 1 — o único apoio veio de Edson Aparecido.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites