Redes Sociais

Brasil

Antes de ficar sob mira de fuzil, jovem atirou objetos contra policiais; cinegrafista da Band filmou ação

Tiago Netto

Publicado

em

Reprodução

Um vídeo feito momentos antes de um jovem ser abordado por um policial militar, com um fuzil, na manifestação Vidas Negras Importam, em Laranjeiras, no sábado (30), podem corroborar com a versão do agente.

O policial afirmou que apontou a arma após Jorge Hudson Alves da Silva, 27 anos, ter atirado pedras na direção dos policiais e, com isso, ter quebrado o vidro de uma viatura. As imagens mostram Jorge Hudson arremessando um objeto na direção dos agentes. Os policiais afirmam que eram pedras; a defesa de Hudson, após a divulgação do vídeo, disse que eram amêndoas.

As imagens foram feitas por um cinegrafista da TV Bandeirantes e cedidas, ainda durante a manifestação, a um policial militar que as reproduziu com seu celular. Elas foram encaminhadas para a Corregedoria da corporação. Em nota, a PM afirmou que a corregedoria já apura a “quebra do protocolo interno da corporação ao apontar seu fuzil para um homem desarmado”.

Confira:

Na delegacia, Hudson negou que tenha quebrado o vidro da viatura, que estava dentro do pátio do Palácio Guanabara.

Após ser abordado com um fuzil, ele foi revistado e, como estava com um a ponta de cigarro de maconha, foi levado para a delegacia. Lá, assinou um termo circunstanciado e irá responder por crime de menor potencial ofensivo.

Com informações, jornal O Dia.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Colunista do Conexão Política. Brasileiro com muito orgulho e apaixonado por esta nação. Cristão.

alan correa criação de sites