Redes Sociais

Política

“A sociedade tem que defender o Supremo”, afirma Dias Toffoli

“É a sociedade quem tem o papel de demonstrar seu apoio às instituições democráticas e fazer a defesa da Corte”, disse o presidente do STF.

Redação

Publicado

em

O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, participou do programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira (11). Entre os temas abordados na sabatina feita por jornalistas, o ministro criticou o “tom antidemocrático” das manifestações populares que apoiam o presidente  Jair Bolsonaro e protestam contra a interferência do STF em decisões dos outros poderes, o Executivo e o Legislativo.

Toffoli declarou que, em tempos de ataques ao Supremo Tribunal Federal e seus integrantes, é a sociedade quem tem o papel de demonstrar seu apoio às instituições democráticas e fazer a defesa da corte.

O ministro disse que instaurou um inquérito para combater as “fake news” contra integrantes do Supremo no começo de março.

“A sociedade tem que defender o Supremo. Não existe democracia sem imprensa e Judiciário livres”, afirmou Toffoli.

Quanto às críticas do povo brasileiro contra a interferência do STF no poder Executivo e Legislativo, segundo o presidente do STF, o Judiciário se vê obrigado a definir questões por falhas de outros poderes.

Ao tratar sobre a profusão de decisões liminares relacionadas a ações sobre a pandemia, Toffoli rebateu críticas de ingerência em questões políticas e defendeu o poder de cautela geral da corte constitucional.

“Mais importante do que analisar ou não a questão, afirmou, é levá-la rapidamente para o Plenário. O problema é a pauta congestionada”, disse Toffoli.

 

Conexão Política é um jornal digital inteiramente compromissado com a cobertura e análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | [email protected]