Redes Sociais

Alemanha

92% dos ativistas de esquerda na Alemanha vivem com seus pais e 1 em cada 3 está desempregado

Thaís Garcia

Publicado

em

92% dos ativistas de esquerda na Alemanha vivem com seus pais e 1 em cada 3 está desempregado 19
Imagem: Picture Alliance/DPA

Um relatório compilado pelo Departamento Federal de Proteção da Constituição (BfV) revela que 92% dos ativistas de esquerda na Alemanha vivem com seus pais e 1 em cada 3 está desempregado, informou o jornal alemão Bild.

Os números revelam que dos presos por crimes de motivação política, 84% eram homens e 73% tinham entre 18 e 29 anos. E 9 em cada 10 perpetradores de esquerda relataram que não são casados no status de relacionamento.

Mais da metade das detenções desses ativistas de esquerda foram em Berlim, principalmente durante manifestações.

De acordo com o Bild, 873 ativistas foram investigados pelas autoridades entre 2003 e 2013.

A maioria dos crimes violentos politicamente motivados vêm da cena de esquerda. De 2009 a 2013, foi contabilizado um total de 1.523 casos de violência da esquerda, mais do que o dobro de 2003 a 2008.

95% dos casos de violência envolvem violações da paz, agressão, incêndio criminoso e resistência contra agentes da lei. Das ofensas contra uma pessoa, 4 em cada 5 casos foram contra policiais. E em 15% dos casos, as vítimas eram ativistas de direita.

Entre 2009 e 2013, assassinos de esquerda tentaram cometer 11 assassinatos.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Correspondente Internacional na Europa. Cristã, casada, mãe e bacharel em Relações Internacionais.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites