Redes Sociais

Últimas

Ratinho defende Bolsonaro em rede nacional: “Respeitem o voto, p****”

Redação

Publicado

em

Ratinho defende Bolsonaro em rede nacional: “Respeitem o voto, p****” 16
SBT | Reprodução

Durante o ‘Programa do Ratinho’ desta segunda-feira (16), no SBT, o apresentador Carlos Massa utilizou o início da atração para defender publicamente o presidente Jair Bolsonaro.

Ratinho, conhecido por não ter papas na língua, voltou a comentar sobre o cenário atual da política brasileira.

“Antes de começar o programa eu quero mandar um abraço ao presidente da República, Jair Bolsonaro. O presidente está resistindo bravamente às armadilhas que colocam em seu caminho”, iniciou.

Ao vivo, Ratinho aproveitou para detonar parte da imprensa brasileira que, segundo ele, age com desonestidade contra o governo federal.

“Eu nunca vi a imprensa bater tanto num presidente quanto eu tenho visto. Presidente, eu sei que é difícil mudar um estado corrompido, onde muitos dos políticos pensam mais em vantagem própria do que no Brasil. Eu desejo, sinceramente, que o senhor persista na sua trajetória”, declarou.

Carlos Massa disse ainda que é preciso que todos entendam que houve uma eleição democrática que colocou o atual chefe do Executivo no poder.

“As pessoas precisam entender que o presidente Bolsonaro foi eleito democraticamente, voto na urna, goste ou não dele. Ele é o presidente do Brasil! Ele tem o jeito dele e deve ser respeitado. Eu já vi muito estadista que fala bonito e enterrou o Brasil. Este pessoal que fica procurando picuinha, pelo em ovo, querendo combater o nosso presidente, está prejudicando o país, acabando com o país”.

Ainda de acordo com ele, Bolsonaro não é culpado por situações ruins que vêm acontecendo no país.

“Bolsonaro é culpado de tudo? O mundo está vivendo um período de incerteza e isso reflete na economia global. Aproveitadores de ocasião estão fazendo uma política cafajeste com o objetivo de enfraquecer o presidente e, com isso, colocando o Brasil numa rota catastrófica”, disparou.

Por fim, o apresentador pediu respeito aos 57 milhões de votos que elegeram Bolsonaro e disse enxergar melhoras no Brasil.

“É preciso reconhecer que o Brasil está melhorando. É hora de união. Respeitem a vontade de quem elegeu Jair Bolsonaro presidente do Brasil. Respeitem! Vocês não falam tanto em respeito? Então respeitem o voto, porra!”, finalizou.

ASSISTA

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

alan correa criação de sites