Redes Sociais

Coronavírus

Sem isolamento nem lockdown, covid-19 perde cada vez mais força na Suécia 

Marcos Rocha

Publicado

em

Henrik Montgomery /TT News Agency/via Reuters

Os dados relativos à pandemia de covid-19 na Suécia estão cada vez menores.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), houve diminuição de quase 74% em agosto com relação ao número de casos confirmados da doença em junho, quando foi registrado o pico no país.

A tendência de queda já havia começado em julho e se concretizou nos primeiros dez dias de setembro.

A Suécia foi um dos únicos países do mundo a não instituir o lockdown nem o isolamento social para combater o vírus chinês.

Mesmo sem as tais medidas de contenção, a taxa de propagação do novo coronavírus no país está menor do que a média de diversos países europeus que adotaram restrições mais severas.

HISTÓRICO

Em janeiro, o país registrava um único caso da doença. Cinco meses depois, eram quase 29 mil confirmações. Em julho, foram contabilizados 10 mil casos. Já em agosto o número caiu para menos de 8 mil. Nos primeiros dez dias do mês de setembro pouco mais de 2 mil suecos foram contaminados. 5.851 pessoas morreram desde o início da pandemia.

Com informações, Revista Oeste.

Editor-chefe do Conexão Política; residente e natural de Campo Grande/MS | FALE COMIGO: [email protected]

alan correa criação de sites