Redes Sociais

Coronavírus

Liberação da Coronovac gera ‘chuva de memes’ nas redes sociais

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Divulgação | Governo do Estado de São Paulo

Conforme registrou o Conexão Política, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou neste último domingo (17) o uso emergencial da CoronaVac, a vacina fabricada pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Após a decisão do órgão regulador, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), resolveu participar do ato de primeira vacinação contra a Covid-19 no Brasil.

Monica Calazans, de 54 anos, enfermeira no Instituto Emílio Ribas, em São Paulo, aceitou ser a primeira pessoa imunizada.

Contudo, a reação de Doria após a aplicação da substância na profissional de Saúde chamou a atenção de usuários nas redes sociais.

O Brasil, que é conhecido na esfera digital como uma ‘fábrica de memes’, não deixou de fazer piada com a situação.

A imagem utilizada pela assessoria de comunicação para “promover” o evento virou uma verdadeira ‘chuva de memes’. Na foto, Doria aparece ao lado da enfermeira e tenta conter as supostas lágrimas.

Críticos do governador, contudo, acusaram o tucano de ‘fazer teatro’.

O vereador conservador de Belo Horizonte, Nikolas Ferreira, do Direita Minas, publicou a imagem com a seguinte legenad: “O Oscar vai para…”

O delegado Rodrigo Zucco também seguiu a mesma linha de pensamento, dizendo que o tucano estava tentando conseguir uma ‘vaga’ no elenco da Rede Globo.

“Acho que o Doria quer uma vaga na novela da Globo! Mais falso que nota de 3 Reais!”, escreveu.

Um dos fundadores do Movimento Brasil Conservador (MBC), Henrique Oliveira disse que ‘poucas vezes’ presenciou uma cena ‘tão ‘patética’.

“Poucas vezes vi uma cena tão patética e politiqueira como Dória fingindo choro. Interessante que foi justamente esta a foto enviada para a imprensa. ‘Coincidência’, né?! Demagogia? Politicagem? Marketing barato? Não, que isso… Imagina…”, indagou.

Confira as principais reações:

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

alan correa criação de sites